Alfonso X
Jogos Modernos
Jogos de Mesa
Jogos Infantis
Jogos para Grupos
Jogos de Rua
Quebra-Cabeça
Jogos de Tabuleiro
Jogos Diversos
Jogos de Boteco
Jogos Matemáticos


Escritos
Concursos



 
Stop  

Este foi muito jogado no intervalo de aulas, ou quando o professor faltava. Na verdade, não é muito do meu tempo. Eu pessoalmente joguei pouco. Minhas irmãs, porém, jogavam muito. E eu gostava de ficar perto, só para atrapalhar, "soprando" as respostas.

Quem me lembrou deste jogo foi a ADRIANA GIRON, minha ex-estagiária. Acredito que ficasse ela jogando isso, ao invés de enfrentar os processos chatos que eu passava para ela... Brincadeira!

A Adriana descreveu o jogo desta maneira:

"Na folha de papel fazemos várias colunas. Cada participante dá uma sugestão para o título de cada coluna como por exemplo: nome de pessoa,de animal,de um país, de um objeto, de um filme, de uma novela, de uma cidade, etc... Um dos participantes fala em voz alta a letra A e depois mentalmente o resto do alfabeto e outra pessoa fala STOP. A pessoa que estava mentalmente seguindo a ordem do alfabeto diz em voz alta a letra que parou ao ser dada a ordem STOP. Por exemplo letra A. Em seguida,cada participante, escreve o mais rapidamente em todas as colunas algo que inicie com a letra sorteada. Seguindo o exemplo dado acima Adriana, Arara, Argentina, Aquário, A bela e a fera, A gata comeu, Araras....

A pessoa que consegue terminar primeiro o preenchimento de todos os campos grita STOP e todos tem que parar de escrever.

Começa a contagem de pontos: cada participante diz o que escreveu.Quando mais de um participante escreveu a mesma coisa para determinada coluna, ou seja, dois participantes para o nome de pessoa escreveram Adriana, neste caso ocorreu o empate e a pontuação é de 05 pontos. Quando não ocorrer empate a pontuação será de 10 pontos e quando o participante for o único que preencheu aquele campo a sua pontuação será de 20 pontos (este é aquele que falou o STOP para que todos parassem de escrever). A cada rodada, ou seja, a cada letra do alfabeto faz-se um contagem parcial e ganha o jogo aquele que ao final de todas as letras do alfabeto serem sorteadas totalizar o maior número de pontos.

Quando nenhum participante conseguir preencher todos os campos das colunas o grupo chega a um consenso para o início da contagem de pontos para aquela letra. A pontuação segue o mesmo critério da acima descrita: 05, 10 e 20 pontos".

Adriana, muito obrigado pela colaboração. E aguardo outras.

-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

O que é interessante nessa história de jogos antigos, é que todo mundo se lembra de um jogo ou de uma variação de algum jogo dos tempos de infância.
Em maio de 2005, recebi uma mensagem da "amiga virtual", a Deborah Rachel Audebert Delage Silva, que mandou uma variação do nosso "Stop":

" Depois de comentar sobre o Jogo de Tacos, agora vou falar do Stop, ou como conheci na minha adolescência, Adedanha. Este nome estranho deriva da forma do início do jogo que, um pouco diferente do que narra a Adriana, começava assim:
- após definir o número e os títulos das colunas, as participantes (não me lembro de jogar com meninos!) punham as mãos para trás do corpo como quem brinca de par ou ímpar;
- em uníssono, as participantes falam ritmadamente a palavra: A-DE-DA-NHA!
- ao fim da última sílaba, todas mostram as mãos;
- contam-se os dedos expostos falando-se as letras do alfabeto até chegar à letra com a qual se inicia o jogo.
Obs.:
- Dá para jogar em dupla ou com poucas pessoas, mas para evitar que só as letras iniciais do alfabeto apareçam, pode-se jogar com as duas mãos;
- Quando a soma de dedos ultrapassa o número de letras do alfabeto, volta-se ao início.
"

Déborah, obrigado pela contribuição!

HOME