Alfonso X
Jogos Modernos
Jogos de Mesa
Jogos Infantis
Jogos para Grupos
Jogos de Rua
Quebra-Cabeça
Jogos de Tabuleiro
Jogos Diversos
Jogos de Boteco
Jogos Matemáticos


Escritos
Concursos



 
Marel  

Uma espécie de jogo da velha com mais opções. É da família dos jogos conhecidos como "Merels", da qual descende também o jogo de "trilha" ou "moinho", que Nigel Pennick, no seu "Jogos dos Deuses" chama de "Nine Men´s Morris". Em todos, a finalidade é a mesma, ou seja, colocar três peças em linha. Em um tabuleiro com linhas horizontais, verticais e diagonais, os jogadores vão colocando uma peça por vez. Em algumas variantes, o número de peças é de 9, como, obviamente, no caso do "Nine Men´s Morris". Em outras, são 3 ou 5 peças. Após isso, podem movimentar suas peças, uma por vez, até uma intersecção de linhas. Ganha que colocar suas peças em linha, seja na horizontal, vertical ou diagonal. Jogo antigo, praticado no Oriente com o nome de "jogo de três caminhos".

Mas sua origem é certamente bem mais antiga. O desenho do tabuleiro foi encontrado em cavernas pré-históricas em Warscheueck, na Áustria e em uma caverna de Fontainebleau na França. Encontrou-se tabuleiro no Egito, datadas de 1400 a.C., Srilanka (10 a.C) e num navio Viking, o Gokstad, de 900 a.C.

Já o nome "Merels", derivaria do latim "merellus" que significa ficha, conta ou moeda. No pais basco, jogo é conhecido como "Lez-marellas", que significa "mas das ilhas". É interessante imaginar-se um mar, com umas poucas ilhas espalhadas...

Tabuleiro de Marel da Origem
Tabuleiro de Moinho (Nine Men´s Morris) em pedra sabão

Outra interpretação interessante, seria de que o tabuleiro da "Trilha" seria uma representação fenícia de seu império: o tabuleiro quadrado representaria o mar, seu universo de conquistas; a casa central do tabuleiro, seria Tiro, a capital fenícia; e as outras casas seriam as colônias fenícias, como Cádiz (Espanha) e Cartago (norte da África).

Devido as qualidade do jogo, que pode ser traçado na terra, por exemplo, e das peças, já que pode ser jogado com pedras, feijões, pedaços de madeira ou ou material qualquer, são raros os tabuleiros antigos.

O tabuleiro que tenho, ganhei como brinde da Origem e já é uma variação do desenho tradicional, e é jogado com apenas 3 peças de cada lado. Trata-se um um "imã de geladeira", com as peças também magnéticas. Muito simpático...

Tenho também um tabuleiro de Moinho, em pedra sabão, fabricado por "Itaforte Pedra Sabão", uma empresa mineira.

Para quem quiser experimentar o "Moinho", estou disponibilizando uma imagem do tabuleiro para ser baixada. Clique AQUI.


Em dezembro de 2008, meu irmão me deu um tabuleiro de "TETETI", mais um jogo da família do Marel.
Diz ele que "achou" o jogo na casa dele, não sabendo como isso foi parar lá...
De qualquer forma, mais uma bela aquisição para a minha coleção.

´Brigadão, Sérgio!!!

Este tabuleiro foi produzido por "Roca Brasil Objetos". O tabuleiro é de madeira, e as peças de jogo são pedrinhas.

O jogo é simples. O objetivo é alinhas suas três peças.
Os jogadores, alternadamente, colocam uma de suas peças no tabuleiro.
Colocadas, cada um, em sua vez, move as peças, visando bloquear o adversário e, ao meso tempo, alinhas suas peças.
Quem fizer isso primeiro, vence.

 

 

 

HOME